A China está construindo o FAST, o Telescópio Esférico de Abertura de Quinhentos metros na sigla em inglês, e deve completá-lo em 2016. Não só ele será o maior radiotelescópio do mundo, como será o mais sensível, e vai superar o radiotelescópio do observatório americano de Arecibo, em Porto Rico – por enquanto o maior do mundo.

O FAST vai permitir aos chineses ver três vezes mais longe no espaço que o Arecibo, além de enxergar partes mais amplas de 19 regiões diferentes do céu. Tudo graças ao tamanho maior da antena parabólica, e também aos espelhos que pesam 11.000 toneladas, funcionando como “uma antena parabólica dentro de outra”, como explica o PopSci. O FAST será instalado no sul da China.

O que este novo radiotelescópio significa para nós? Uma vez finalizado, ele vai ajudar na pesquisa por vida extraterrestre – sério! – além de coletar dados do que está além da nossa atmosfera. [ArXiv e NewScientist via PopSci]