Enquanto a parceria da Nokia com a Microsoft cria esperanças interessantes aos consumidores de smartphones, há uma parcela da história que não está nem um pouco feliz com a notícia: os funcionários da Nokia que trabalham na Finlândia. De acordo com umjornal finlandês, mais de mil funcionários deixaram seus escritórios em Tampere e Oulu para protestar.

Os funcionários utilizaram a possibilidade de horário de trabalho flexível e deixaram seus postos para protestar ostensivamente contra a morte do Symbian, sistema operacional da Nokia, em prol do Windows Phone 7.

De acordo a reportagem, há cerca de 3 mil funcionários no escritório da Nokia em Tampere, e metade deles trabalha diretamente com o Symbian. Outros mil empregados de Oulu trabalham na plataforma.

Mesmo que a parceria com a Microsoft possa trazer lucros a longo prazo, não é nenhuma surpresa que os funcionários do Symbian (e da Nokia) tenham odiado as notícias, sejam eles milhares de genuínos funcionários pedindo mudanças ou apenas um punhado de pessoas envolvidas com o Symbian que só queriam uma tarde sem trabalho.

Se você estiver na Finlândia e tiver mais informações, compartilhe. [HS.fi via The Next Web]