Um professor de criptologia leiloou uma máquina Enigma rara e totalmente funcional usada pelos nazistas para criptografar mensagens durante a Segunda Guerra Mundial. Incrivelmente, o colecionador encontrou a máquina em um mercado de pulgas em Bucareste, o que sugere que a Romênia possa abrigar outras máquinas esperando para serem descobertas.

• Origem do machado de Ötzi, o Homem do Gelo, sugere sofisticação da Europa na Idade do Cobre
• Documentos mostram que os nazistas planejavam destruir o canal do Panamá



Como saiu na Deutsche Welle, o colecionador, que não foi nomeado, sabia o que tinha encontrado no mercado de pulgas e friamente a comprou por 100 euros (R$ 370). Então ele a colocou à venda na casa de leilões Artmark com um lance inicial de € 9 mil (R$ 33.300,00). Na terça-feira (11), a rara máquina de criptografia foi vendida para um comprador online sem nome por € 45 mil (R$ 165 mil). Um ótimo retorno de investimento, certamente.

h4mwmmj9mdq2mrm2wxo0

Imagem: Artmark

As máquinas Enigma foram inventadas pelos alemães na década de 1930 e usadas por suas forças armadas para transmitir mensagens criptografadas durante a Segunda Guerra Mundial. A Romênia estava aliada à Alemanha nazista na época, então faz sentido que a unidade tenha sido encontrada no país dos Balcãs. Como já ficou famoso, o sistema da máquina foi decifrado pelo cientista de computação Alan Turing, no Bletchley Park (com ajuda anterior de espiões e cientistas poloneses), contribuindo para a derrota da Alemanha nazista na Segunda Guerra Mundial.

A unidade vendida na terça está em condições perfeitas e ainda é operacional. Uma Enigma 1, que foi produzida em Berlim por Heimsoeth & Rinke em 1941, ainda está na caixa de madeira original.

Cerca de 20 mil máquinas Enigma de vários tipos foram feitas durante os anos 1930 e 1940, mas apenas algumas sobreviveram. Cerca de 50 máquinas Enigma de diversos tipos estão em museus ao redor do mundo, com muitas mais nas mãos de colecionadores privados.

Em 2015, uma máquina Enigma M4 ainda mais rara foi leiloada por um recorde de US$ 365 mil (R$ 1.182.837,51). A M4, que tem esse nome por causa dos quatro rotores (a Enigma 1 tem três rotores), foi fabricada durante os últimos estágios da guerra. Apenas 150 sobraram das 1.500 construídas.

[Deutsche Welle]

Imagem do topo: Artmark