A cidade portuária de Mariupol, na Ucrânia, é atualmente a mais afetada pela crueldade da guerra. Ela está cercada por tropas russas, sob bombardeios constantes e se transformou num cenário com muitos escombros e amontoados de pó. 

A cidade guarda o maior porto da região do Mar de Azov, além de uma usina siderúrgica. É ainda um importante centro de exportação de aço, carvão e milho para o Oriente Médio. A invasão da Rússia em Mariupol impacta diretamente a economia do país.

Com sua localização estratégica, a Rússia conseguiria construir uma ponte terrestre entre Donbas, onde há separatistas pró-Rússia, e a Crimeia, anexada por Moscou em 2014.

Mais de 90% da cidade de mais de 400 mil habitantes já foi destruída. Estima-se que centenas de milhares dos moradores de Mariupol estão agora presos dentro de prédios sem acesso a comida, água, eletricidade ou suprimentos médicos em decorrência da guerra.

Em 2021, o fotógrafo Viktor Hesse, natural de Mariupol e atual morador de Weimar, na Alemanha, registrou imagens da cidade portuária sem saber o que viria menos de um ano depois. São fotos da região portuária, onde percebe-se a tranquilidade que hoje não existe mais.

Confira fotos tiradas por ele, por outros fotógrafos e também a situação atual do local:

Mariupol
A vista do porto da cidade de Mariupol: navios e guindastes. Outubro de 2021. Viktor Hesse/Unsplash/Reprodução
Mariupol
A vista do porto da cidade de Mariupol: navios e guindastes. Outubro de 2021. Viktor Hesse/Unsplash/Reprodução
Mariupol
A vista sobre o porto da cidade de Mariupol. Maio de 2021. Viktor Hesse/Unsplash/Reprodução
Mariupol
A vista sobre o porto da cidade de Mariupol. Maio de 2021. Viktor Hesse/Unsplash/Reprodução
Mariupol
A vista sobre o porto da cidade de Mariupol. Maio de 2021. Viktor Hesse/Unsplash/Reprodução
Mariupol
Pixabay/Reprodução
Mariupol
Kostyantin/Pexels/Reprodução
Mariupol em ruínas
Mariupol após bombardeios russos. Imagem: Radio Free Europe/Radio Liberty/YouTube/Reprodução
Mariupol em ruínas
Mariupol após bombardeios russos. Imagem: Radio Free Europe/Radio Liberty/YouTube/Reprodução
Mariupol em ruínas
Mariupol após bombardeios russos. Imagem: Radio Free Europe/Radio Liberty/YouTube/Reprodução