As contas de Mark Zuckerberg no Twitter e Pinterest (não no Facebook!) foram hackeadas neste fim de semana. O OurMine Team assumiu a autoria da invasão e postou no Twitter que conseguiu acesso porque a senha dele estava entre os dados recentemente vazados do LinkedIn.

>>> Por que você deveria usar um gerenciador de senhas
>>> Os erros comuns que enfraquecem a sua senha “forte”

Há algumas semanas, um hacker divulgou o e-mail e senha de 117 milhões de usuários do LinkedIn; as credenciais foram obtidas após um ataque em 2012.

Parece que até mesmo o cofundador do Facebook não é disciplinado o suficiente para se lembrar de uma senha exclusiva para cada rede social. O OurMine afirma que a senha dele era “dadada” – torcemos que isso não seja verdade. (Pelo menos não era “123456”.)

Considerando que Zuckerberg não tuíta desde 2012, as contas dele no Twitter e Pinterest não são realmente tão cruciais. Mas o OurMine também alegou ter hackeado a conta dele do Instagram controlada pelo Facebook.

No entanto, não houve nenhuma prova disso, e o Facebook nega que qualquer um dos seus sistemas foi violado. Todas as contas estão restauradas agora, e o perfil da Equipe OurMine no Twitter foi suspenso.

Zuck não foi o único alvo. Ao longo do fim de semana, foram hackeadas as contas do Twitter de celebridades como Keith Richards, Kylie Jenner e Tenacious D – este até começou uma brincadeira de que Jack Black tinha morrido. No entanto, não há nenhuma evidência de que tudo esteja conectado, nem de que as senhas das celebridades também vazaram do LinkedIn.

Pelo visto, até bilionários reutilizam senhas entre sites diferentes, mesmo sabendo que isso é um desastre esperando para acontecer. É um problema que ninguém parece ser capaz de corrigir. Daí a importância de usar um gerenciador de senhas e de adotar medidas adicionais de segurança, como a autenticação por dois fatores.

[VentureBeatThe Verge]

Foto por Manu Fernandez/AP