O uso de inteligência artificial em praticamente tudo é uma das grandes tendências da tecnologia — e, para conseguir isso, o hardware tem que estar preparado. O Helio P90, processador da MediaTek para smartphones anunciado hoje, é o mais novo componente a embarcar na onda.

• Para que serve o chip de inteligência artificial no seu smartphone

O chip traz a APU 2.0, “nova geração de arquitetura de inteligência artificial para intensificar o processamento de IA”, nas palavras do comunicado da empresa. A MediaTek promete quatro vezes mais potência em experiências IA, além de melhorias nas fotografias e na duração de bateria dos dispositivos equipados com o componente. Com relação à conectividade, ele oferece suporte a duplo chip com 4G LTE, Wi-Fi 802.11ac e Bluetooth 5.0.

A capacidade de foto e vídeo, aliás, parece ser mesmo um dos destaques do Helio P90. O processador também tem suporte a câmeras de até 48 megapixels, ou a câmeras duplas de 24 + 16 megapixels.

A empresa promete que a capacidade de processamento de inteligência artificial do chip garantirá melhores resultados em detecção de cena e embelezamento em tempo real, entre outras funcionalidades que usam o recurso. Ele também é compatível com o Google Lens. Já em termos de vídeo, ele oferece suporte a câmera lenta de 480 frames por segundo em resolução HD.

Os números de especificações técnicas, por outro lado, não chamam tanto assim a atenção. O Helio P90 é um octa-core, com dois núcleos rodando a 2,2 GHz e seis a 2,0 GHz. Ele é fabricado com processo de 12nm, que não é o mais moderno disponível — os chips mais recentes de Apple e Qualcomm já são feitos com o processo de 7nm. Você pode ver os números e especificações em detalhes no site da MediaTek.

Vale ressaltar, porém, que a família de topo de linha da MediaTek é a X e não a P. A MediaTek ainda não apresentou seu sucessor ao Helio X30, lançado em 2017. Imagens de testes de benchmark de um suposto Helio X40 vazaram no mês passado.

Os primeiros smartphones com o Helio P90 devem chegar ao mercado no primeiro trimestre de 2019.

[MediaTek via Android Police]