Os pen drives estão dominando o mundo. Eles vivem nas gavetas de sua mesa, na sua mochila, nos vãos do sofá, no molho de chave e no seu bolso. Tá tudo dominado. Sem controle. Eles precisam de uma casa. Uma casa chamada Memory City.

Sabe quando uma propaganda de bonequinhos aparecia na TV em um cenário animal e no final eles diziam que o cenário era vendido separadamente? Eu queria muito brincar naquele lugar. A Memory City é a cidade vendida separadamente dos pen drives. É um lugar onde eles podem viver livremente como uma massa crítica de armazenamento de dados que às vezes é acessado. E além disso, o cenário é feito de um material suave que não irá destruir seus dados.

Com sua ajuda, a Memory City pode crescer e ter quatro pen drives, três pen drives que não precisam de tampa, três cartões SD e três cartões mini-SD. Infelizmente, a casinha não é um hub, então você continua tendo que plugá-los no computador. Mas pelo menos eles serão mais felizes. [Design 3000 via Oh Gizmo! via Holy Cool]