O Facebook está desesperado para entrar no ramo de mensagens efêmeras, e agora incorporou no Messenger um dos elementos essenciais do Snapchat: mensagens que se autodestroem.

Segundo o BuzzFeed News, o Messenger para Android e iOS está testando uma opção de mensagens que desaparecem uma hora após serem enviadas.



Para ativar o recurso, basta tocar em um ícone de ampulheta incluso no app. As mensagens efêmeras têm cores diferentes – um azul ou cinza mais escuro – e um indicador de que vão expirar em menos de uma hora.

Após sumirem, elas deixam um espaço em branco no seu histórico:

enhanced-mid-22834-1447353760-1

O Facebook só esqueceu de incluir um recurso: avisar se alguém tirar captura de tela ou salvar fotos que você enviar. Ops!

O teste é limitado a alguns usuários na França, mas o Facebook diz que pode estendê-lo a mais países no futuro.

Esta é a milésima vez que o Facebook tenta reagir ao sucesso estrondoso do Snapchat, que conta com 200 milhões de usuários ativos por mês. Primeiro, eles tentaram imitá-lo com o Poke, mas não deu certo. Depois veio o Slingshot, que ninguém usa. Então tivemos o Bolt, que já não existe mais.

Aí a rede social decidiu acrescentar recursos do Snapchat a seus próprios apps. Por exemplo, em junho, o Messenger liberou filtros e emojis redimensionáveis para acrescentar em fotos.

Em 2012, Mark Zuckerberg disse em uma reunião com os fundadores do Snapchat que iria acabar com eles ao lançar o app Poke. Isso obviamente não deu certo e, em 2013, Zuckerberg propôs comprar o Snapchat por US$ 3 bilhões. Os fundadores disseram não.

[BuzzFeed News e TechCrunch]