Ao contar para a revista Empire que filmar em 3D foi “difícil pra caramba”, Bay contou sobre o momento do clique em sua cabeça: “eu estava começando a trabalhar no primeiro Transformers, e ele estava fazendo Avatar. Ele estava filmando em um set pequeno e me chamou para conhecer o local. Eu olhei para a mesa de controle, cheia de HDs e computadores… Eu sou da velha guarda! Eu gosto de câmeras de 35mm Panavision e eu tento fazer o máximo possível com uma delas… Ele disse que eles tinham ótimos algoritmos e coisas do tipo. Eu fiquei tipo, ‘quê?!'”

Infelizmente — para ele, não para nós! — os primeiros dias de fillmagem do filme Transformer: Dark of the Moon foram perdidos por culpa de um HD pifado, mas eles deram um jeito de terminar “e acabamos amando o 3D”. [Empire via TechRadar]