À essa altura, você deve ter ouvido falar do navegador da Microsoft Edge que foi baseado no Chromium, que é a engine usada no Google Chrome. Ele está disponível via download já há algum tempo, mas agora a Microsoft vai disponibilizá-lo para o Windows 10 via Windows Update, substituindo a versão antiga do browser.

De acordo com o ZDNet, o novo Edge aparecerá nas atualizações para Windows 10 versão 1803  e 1809, Windows 10 versão 1903 e 1909 e todos os Windows 10 da versão 1803 a 2004.

Mesmo com a mudança, os usuários não deverão se preocupar com favoritos, configurações e senhas. O processo de atualização migrará tudo para o novo Microsoft Edge.

Para algumas empresas, a Microsoft dará opção de bloquear o download automático do navegador, pois ainda há sistema que funcionam exclusivamente na versão convencional do browser da empresa.

Apesar de ser baseado no Chromium, Microsoft Edge conta com uma série de personalizações da companhia. Uma delas é o Edge Password Monitor que, basicamente, notificará usuários caso alguma credencial salva no autocompletar já foi vazada. O browser também conta com um bloqueador de rastreadores, modo leitura com grande personalização de fonte e fundo de tela, facilita a coleta de itens da web com a função Collections.

Durante o Microsoft Build, a companhia anunciou ainda mais itens de personalização ao Microsoft Edge, como uma barra lateral de busca e integração com o Pinterest, porém estes ainda devem levar um tempo para serem disponibilizados.

Lembrando que o Microsoft Edge está disponível também para outras plataformas, como MacOS, iOS e Android.

[ZDNet]