Segundo o co-fundador do Foursquare, Dennis Crowley, a empresa está considerando um acordo para fornecer os dados que coleta através do seu aplicativo de geolocalização, e os suspeitos de sempre estão na fila para comprá-los. 

"Nós podemos tornar os dados anônimos e usá-los para mostrar locais que estão na moda naquele momento", explicou Crowley para o Telegraph, apontando que dados do Foursquare com links para buscas mostrariam aos usuários que lugares as pessoas estão frequentando e o que é popular, em tempo real. Segundo o Telegraph, nenhum dos três grandes provedores de buscas negou estar em contato com o Foursquare para fazer negócios. [Telegraph via Techradar]