Nós sabíamos que a Microsoft iria começar uma campanha mais agressiva para instalar o Windows 10 em PCs, mas a empresa está indo longe demais.

Diversos usuários relatam que computadores com Windows 7 e 8.1 estão sendo atualizados automaticamente sem qualquer aviso, e sem autorização explícita.

>>> Falha no Windows Update fazia sistema instalar Windows 10 automaticamente

Desde fevereiro, o Windows 10 ganhou o status de atualização “recomendada” – isso significa que ela é selecionada por padrão. Ela pergunta (ou deveria perguntar) se você quer ou não continuar, para que você não acorde com seu PC rodando um sistema operacional diferente.

Mas segundo a InfoWorld, mesmo em computadores onde o Windows 10 ainda é uma atualização opcional, acontece algo frustrante: você pode até desativá-lo no Windows Update, mas o sistema o reativa sozinho – e tenta instalá-lo sem aviso.

Eu desmarquei a caixa, significando que eu não queria instalar a atualização, e deixei o PC [com Windows 7] rodando durante a noite. No sábado de manhã, acordei com um aviso de que o Windows 10 não pôde ser instalado… Claro, eu fiquei furioso. Eu não tinha dado permissão à Microsoft para instalar o Windows 10. Eu até mesmo desmarquei a atualização.

E quando a instalação de fato acontece? Patrick Klepek, do Kotaku, ligou o computador na quinta-feira de manhã e descobriu que o Windows 10 estava instalado. Patrick usava o Windows 7 e não queria atualizar por enquanto: as coisas estavam funcionando bem, e ele não queria lidar com incompatibilidades em jogos (parte central do trabalho dele).

Desde então, foi problema atrás de problema: o Windows 10 não deixava Patrick acessar nenhum de seus arquivos – aparecia a mensagem “você foi conectado com um perfil temporário” – e isso não se resolvia com um reboot.

Ele instalou atualizações do sistema, e conseguiu enfim fazer login na conta antiga. Aí veio outro problema: ele queria fazer streaming de jogos do Xbox One, o que exige uma Conta Microsoft, mas o sistema diz que a senha está errada (não está; ele até resetou duas vezes e nada). A porta Ethernet também parou de funcionar.

CTo8MZLWwAE1isc

E existem inúmeras experiências semelhantes sendo descritas no Reddit. Alguns exemplos:

– “eu estava trabalhando, e de repente o Windows fechou meus programas, me deslogou e começou a atualização”

– “estava no meu PC de trabalho (versão 8.1) e ele atualizou para o Windows 10 sem eu decidir baixá-lo e instalar… a pior parte é que ele fez isso aleatoriamente pouco antes do almoço, sem nenhum aviso, nenhum pop-up. Eu imprimi algumas anotações e, depois de voltar da sala de impressão, fui recebido pela mensagem de instalação… 10%”

– “recebemos chamadas ao longo da semana vindas de consultórios médicos e odontológicos, acomodações bed and breakfast e empresas que instalam telhados, entre outras, que foram atingidas por isto”

A experiência varia dependendo do usuário. Algumas pessoas dizem que nunca receberam um pedido de permissão. Enquanto isso, outros têm uma quantidade variável de tempo – dez minutos, uma hora – para responder, senão o PC começaria a instalar o Windows 10 automaticamente.

A Microsoft prometeu que este tipo de situação não iria acontecer. Terry Myerson, vice-presidente da divisão Windows, disse no blog oficial da empresa em outubro: “antes de a atualização mudar o sistema operacional do seu dispositivo, você será claramente solicitado a escolher se quer ou não continuar”.

Além de bugs e incompatibilidades, a atualização forçada para o Windows 10 consome uma quantidade enorme de dados. Se você estiver em uma conexão limitada – usando um modem 3G/4G, por exemplo – o Windows 8 detecta isto automaticamente e não baixa atualizações. O Windows 7, no entanto, vai baixar tudo, inclusive um sistema que o usuário não quer. (Neste caso, é preciso desativar o download automático seguindo estes passos.)

Se isso acontecer com você, saiba que é possível voltar à versão anterior do Windows. Para remover o Windows 10, vá em Configurações > Atualização e segurança > Recuperação. Na parte “Voltar para uma versão anterior”, clique em “Introdução” e depois em Avançar.

Retirar o Windows 10

Aparentemente, a Microsoft voltou atrás – em parte. A InfoWorld diz que, do sábado (12) para domingo (13), o sistema deles não tentou mais instalar o Windows 10 à força. Em vez disso, o Windows Update apenas mostra o convite “Atualize para o Windows 10” – mas a atualização opcional está selecionada de novo.

A Microsoft tem a meta ambiciosa de um bilhão de usuários no Windows 10 até 2018. Até o início do ano, 200 milhões de dispositivos no mundo rodavam o sistema, incluindo aí o Xbox One e PCs.

O Windows 10 está sendo oferecido gratuitamente até julho para estimular a Loja de apps e trazer mais desenvolvedores. Mas, como se já não bastasse a estratégia questionável em smartphones – o Windows 10 Mobile ainda não tem data precisa de lançamento – agora temos (novamente) uma atualização forçada em PCs.

Seria muito mais razoável se a empresa notificasse o usuário, informando as razões por que o sistema poderá ser melhor para ele, do que fazer isso à força. Sem contar o caso de pessoas que rodam sistemas específicos para Windows 7 ou 8, que podem simplesmente acordar e não poderem trabalhar. Isso tem que parar, Microsoft.

[InfoWorld via Kotaku]