Desde que a Microsoft comprou o Skype e confirmou o fim do Windows Live Messenger, a fusão dos serviços parecia um pequeno ponto no horizonte. Agora a Microsoft divulgou quando os dois vão se tornar um: em abril.

A partir de 8 de abril, usuários do Messenger vão começar a receber pedidos para atualizarem para clientes do Skype, e mesmo que todo o processo leve um pouco de tempo para se espalhar, o plano é que a maior parte dos usuários do Messenger já esteja no Skype até o fim de abril. Parece que isso vai servir para aqueles antigos usuários que não abrem o cliente atual há um tempo. Os mais fanáticos vão ter que se mover manualmente para o Skype quando o WLM morrer no dia 15 de março, ou sofrerão por semanas sem ele. 

A mudança também vai ser feita de acordo com o idioma dos usuários. Os primeiros a receberem o pedido de atualização no dia 8 de abril serão os que falam inglês, enquanto quem fala o português brasileiro (ou seja, nós) ficará para o fim – a previsão da Microsoft é que a transição por aqui comece no dia 30 de abril.

A transição será lenta, mas acontecerá. Aproveite seus últimos tempos no Windows Live Messenger enquanto você ainda pode. E se você ainda se importa com ele. [Skype Blog]

ATUALIZAÇÃO: Entramos em contato com a assessoria de imprensa do Skype no Brasil para entender melhor essa história. O Messenger funcionará normalmente depois do dia 15 de março, diferentemente do que dizia aquele e-mail que a Microsoft enviou para alguns usuários há um tempo. Então é isso: a fusão deve começar por aqui no dia 30 de abril. Até lá, o Messenger funcionará normalmente para todos. E, depois disso, os usuários receberão mensagens para migrarem para o Skype.