Há alguns meses, começaram a surgir rumores de que o próximo smartphone de tela dupla da Microsoft — o Surface Duopoderia estar à venda bem mais antes do final de 2020, como a Microsoft tinha dito anteriormente. Mas agora, com base em novos rumores, parece que um dos principais objetivos da Microsoft para essa pressa é vencer o próximo Galaxy Fold 2 da Samsung no mercado.

De acordo com Zac Bowden, do Windows Central, a Microsoft espera lançar o Surface Duo antes que a Samsung realize seu próximo evento Galaxy Unpacked, que, segundo fortes rumores, deve ocorrer em 5 de agosto.



Isso significa que a empresa precisará começar a vender o aparelho de duas telas nos próximos dois meses, algo que parece plausível com base em rumores anteriores de que o hardware e o design do Surface Duo foram finalizados há muito tempo e que, nos últimos meses, a Microsoft tem trabalhado em grande parte para refinar a integração de software e aplicativos do Surface Duo.

Como há notícias de que o Windows 10X e o outro dispositivo de tela dupla da Microsoft, o Surface Neo, foram adiados para 2021, dá para entender porque ela quer tanto superar a Samsung. Tanto o Surface Duo quanto o Galaxy Fold 2 compartilham algumas semelhanças: ambos serão caros, produzidos em pequeno volume, terão designs atípicos e rodarão Android. O Duo ostenta duas telas com dobradiça no meio, e espera-se que o Galaxy Fold 2 apresente uma tela grande e flexível que possa ser dobrada ao meio.

Dito isso, não acho que a Microsoft deva estar tão preocupada com as vendas potencialmente canibalizantes do Galaxy Fold 2 do Surface Duo, já que os dois dispositivos estão focados em públicos muito diferentes.

Desde o início, a Microsoft deixou bem claro que o Surface Duo foi projetado mais para uso profissional ou por pessoas obcecadas com produtividade, para que você possa fazer coisas como ler e-mails em uma tela enquanto marca compromissos em um aplicativo de agenda na outra.

Enquanto isso, se o Galaxy Fold 2 for minimamente parecido com o original, embora certamente tenha sua parte de recursos de multitarefa, ainda será mais um dispositivo de entretenimento, destinado a combinar seu telefone, tablet e e-reader em um único aparelho.

Além disso, se considerarmos os rumores de especificações do Surface Duo — que incluem um chip Snapdragon 855 um pouco mais antigo, apenas 6 GB de RAM e uma única câmera de 11 MP — parece que a Microsoft está focando menos em coisas como desempenho puro ou captura de conteúdo.

Em vez disso, está tentando criar um dispositivo que coloque o crescente portfólio de aplicativos móveis de produtividade da Microsoft em algo muito mais fácil de transportar — especialmente para aqueles momentos em que você não deseja usar um laptop.

Para mim, parece que pode não haver tanta sobreposição entre as pessoas interessadas no Surface Duo e no Galaxy Fold 2 quanto a Microsoft teme, embora a preocupação seja compreensível. Com os preços dos dois dispositivos estimados em mais de US$ 1.000, muito poucos compradores vão querer gastar tanto dinheiro nos dois aparelhos.

De qualquer forma, com a Microsoft entrando no jogo pela primeira vez depois de parar de fabricar telefones Lumia em 2017, o segundo semestre de 2020 está se tornando uma temporada realmente interessante para o lançamento de gadgets, especialmente para quem procura um celular chique de duas telas ou de tela única flexível.