Até esse arcade minúsculo é melhor para jogar games clássicos do que os smartphones

Fliperamas em miniatura foram revelados na Toy Fair e devem chegar às lojas ainda neste ano

A emoção de perceber que você pode jogar em seu smartphone os jogos clássicos de fliperama com que você cresceu passa imediatamente logo que você tenta guiar o Pac-Man por um labirinto usando os controles de touchscreen. É tão, mas tão frustrante que você pode muito bem considerar a ideia de carregar por aí uma dessas máquinas de arcade incrivelmente minúsculas em seu bolso, além de seu celular.

• Castlevania vai virar série em 2017 nas mãos do Netflix
• Pokémon Go ganha atualização com mais de 80 criaturas das versões Gold e Silver

Quando um jogo é especificamente projetado para ser jogado utilizando o touchscreen, como Angry Birds ou Super Mario Run, a experiência pode ser bastante prazerosa, já que interagir diretamente com personagens na tela permite alguns elementos únicos de jogabilidade.

Mas os jogos desenvolvidos na década de 1980, quando touchscreens eram, no máximo, bem primitivos, foram desenhados em torno de joysticks, botões e outras peças físicas. Replicar esses controles em botões touchscreen significa que você estará constantemente desviando o olhar do jogo em si para se certificar de que seus dedos estão no local correto. É uma distração extra da qual você não precisa quando está tentando ser mais rápido que um bando de fantasmas.

A Super Impulse, empresa responsável por fazer miniaturas de tudo, de cubos mágicos a versões em tamanho de chaveiro do Stretch Armstrong, vem aí com uma nova série de quatro cabines de fliperama incrivelmente minúsculas, apresentando versões licenciadas de Pac-Man, Ms. Pac-Man, Space Invaders e Galaxian.

Os protótipos que pudemos testar na Toy Fair apresentavam os mesmos gráficos que as cabines de arcade originais da Namco, além de um pequeno joystick e um par de botões. Esses controles pareciam mais “barulhentos” e rígidos do que os joysticks e botões dos arcades de que nos lembramos quando criança, mas ainda muito mais naturais do que usar controles simulados na tela para jogar esses clássicos.

Cada cabine de arcade abastecida a pilha vem com apenas um jogo, e, mesmo que você não use óculos, provavelmente terá que cerrar os olhos para ver naquelas telas minúsculas. Os preços e a data de lançamento ainda não foram definidos, mas você pode ver esses pequenos fliperamas nas lojas ainda neste ano, a um preço que se encaixa em uma compra compulsiva, daquelas que você faz enquanto está na fila do caixa e se encontra pensando em seus tempos de Space Invaders.

[Super Impulse]

Sair da versão mobile