Bem a tempo da temporada de férias e viagens do final de ano, o Modo Intérprete do Google Assistente ganhou uma atualização importante e passou a ser disponibilizado para smartphones Android e iOS.

O Modo Intérprete do Google Assistente foi anunciado no começo deste ano, na CES. No entanto, até agora, a funcionalidade não era tão útil, já que estava disponível apenas em telinhas inteligentes, como o Google Nest Hub.

Agora, usuários poderão ativar o Modo Intérprete em seus celulares ao simplesmente dizer “Ei, Google, seja meu intérprete em (alemão, espanhol, chinês)” ou “Ei, Google, me ajude a falar japonês.”

Neste lançamento, o intérprete terá suporte a 44 idiomas, mas a companhia diz que pretende expandir o número no futuro.

Em um evento de demonstração da novidade, tive a chance de testar as novas habilidades do Google Assistente. E eu posso dizer que essa opção teria sido incrivelmente útil em minhas viagens recentes. Usar o Modo Intérprete não poderia ser mais fácil — tudo o que você precisa fazer é pedir para o assistente ativá-la e já era.

Usando o microfone do seu celular para ouvir as falas das pessoas ao redor, o Modo Intérprete transcreve o idioma estrangeiro em tempo real e depois mostra uma tradução escrita no idioma de sua escolha.

GIF: Google

Após a primeira parte da tradução, o Google Assistente também mostra balões de texto contextuais na parte inferior da tela, que são relacionadas com o que acabou de ser traduzido, facilitando a resposta. É uma opção similar às respostas inteligentes do Gmail, por exemplo.

A partir daí, pode selecionar uma das opções e deixar o Assistente falar por você, ou dizer algo na sua própria língua para o Modo Intérprete traduzir para a outra língua, permitindo a conversação em tempo real.

Basta tentar fazer uma pausa entre as pessoas que estão falando, pois o Google Assistente tem um pouco de dificuldade em traduzir enquanto várias pessoas falam umas com as outras.

Para mim, a coisa mais impressionante do Modo Intérprete é que ele inclui variações regionais do mesmo idioma, como o espanhol castelhano, que é falado em muitos lugares dos EUA e na América Latina, versus o espanhol falado na Espanha, ou o chinês mandarim falado na China, em oposição ao chinês falado em Taiwan. (Estranhamente, o Modo Intérprete ainda não suporta o cantonês.)

Por padrão, o Modo Intérprete utiliza a sua localização para determinar a variante de idioma regional. Mas, o usuário pode especificar algo como Francês de Quebec em vez de Francês padrão ao pedir ajuda para o Google Assistente.

A única coisa que você vai precisar (além atualizar os apps do Google) é de uma conexão Wi-Fi ou de internet móvel no seu celular. No entanto, pode ser que isso mude no futuro.

A diretora sênior de gerenciamento de produtos do Google Assistente, Lillian Rincon, não quis fazer promessas, mas disse que a empresa está estudando a possibilidade de fazer com que o Modo Intérprete funcione offline em algum momento.

De qualquer forma, o Modo Intérprete finalmente está disponível em smartphones. E combinado isso com o Google Lens que é capaz de traduzir textos em tempo real, o seu celular é uma ferramenta muito poderosa em suas viagens.

Por fim, caso o Modo Intérprete não resolva todas as suas necessidades de tradução, o Google adicionou um pequeno botão “Traduzir” para endereços no Google Maps, que permite que você pressione um ícone de alto-falante e faça com que o aparelho diga o nome do local em seu idioma nativo. Não é uma grande funcionalidade, mas pode ser super útil para dizer a um taxista onde quer ir, especialmente em países com idiomas com caracteres que podem tornar a pronúncia de uma palavra um pouco mais difícil.

É isso o que acontece quando você aperta o botão de alto-falante que é exibido perto de endereços no Google Maps. Foto: Sam Rutherford/Gizmodo

A atualização para o Modo Intérprete em celulares e o botão Traduzir para o Google Maps começa a ser lançada hoje. Da próxima vez que você tiver problemas com um idioma estrangeiro, você pode tentar pedir ajuda ao Google Assistente.