A essa altura, uma das coisas que mantêm as pessoas longe de escreverem todas as suas notas em formato digital é a afeição que algumas têm pela escrita física. Velhos hábitos são difíceis de mudar. Cientes disso, Evernote e Moleskine se uniram para criar cadernos Moleskine projetados especificamente para serem usados com o Evernote.

Esses novos cadernos usam um tipo especial de papel, permitindo que os usuários do Evernote digitalizem suas notas tirando fotos dela com o app do Evernote. Os dados da página se tornam disponíveis e totalmente pesquisáveis, na nuvem. Os usuários podem, ainda, usar adesivos especiais para instruir o app a salvar certas páginas (físicas) em diferentes cadernos (virtuais).

Não é a primeira vez que alguém flerta com a digitalização de cadernos, mas Evernote e Moleskine são gigantes em seus respectivos campos, assim, o resultado pode acabar sendo algo realmente impressionante. Se você se interessou, os cadernos já estão em pré-venda. Os pequenos custam US$ 24,95, e os grandes, US$ 29,95. Ambos vêm com uma assinatura de 3 meses do Evernote Premium. [TechCrunch]