Nós já sabíamos que os diversos componentes nos cabos Thunderbolt eram bem interessantes, mas o desmonte do Thunderbolt Display da Apple, feito pela iFixit, mostra como há diversos circuitos só para fazer a nova tecnologia de transferência da Intel funcionar, mesmo em um monitor.

A tela também tem um cabo Thunderbolt embutido, ligado ao um cabo Universal MagSafe, então você pode carregar seu MacBook enquanto ele está ligado no monitor, o que é bem impressionante. A menos que você tenha um MacBook Air deste ano, cuja entrada para carregar a bateria fica do lado oposto da entrada Thunderbolt – aí é bem frustrante. O Thunderbolt Display também tem alto-falantes maiores e um subwoofer, então o áudio deve  soar melhor neste monitor que em versões anteriores.

O Thunderbolt é incrível e ainda vai ficar melhor, mas a iFixit lembra que o monitor Dell UltraSharp U2711 de 27 polegadas, com preço semelhante ao da Apple, ganha do Thunderbolt Display: 1,07 bilhão de cores (versus 16,7 milhões no monitor da Apple); portas HDMI, DisplayPort, DVI, USB e VGA – contra 3 USB 2.0, FireWire 800, Ethernet e (claro) Thunderbolt; e metade do tempo de resposta que o Thunderbolt Display (6ms vs. 12ms). Claro, o novo monitor da Apple é muito bom, e se você quer o Thunderbolt Display, é porque você quer o Thunderbolt, que o Dell U2711 não tem. O desmonte completo está no link a seguir: [iFixit]