A Motorola anunciou na terça-feira (24) o Moto E7, uma versão mais simples do Moto E7 Plus lançado em setembro no Brasil. O novo modelo será disponibilizado primeiro na Europa, mas a empresa diz que ele deve chegar à América Latina, Oriente Médio e Ásia nas próximas semanas.

O que chama a atenção no Moto E7 é o fato de, apesar de pertencer a uma linha mais básica, o modelo traz algumas especificações similares à versão Plus. A tela, por exemplo, é LCD de 6,5 polegadas e resolução HD+, mesma coisa do que o modelo mais caro. Além do leitor de impressão digital, a traseira conta com uma câmera principal de 48MP e uma de profundidade de 2MP. O sensor frontal é de 5MP.

Em relação ao interior do aparelho, ele é equipado com um processador Helio G25 (octa-core de até 2GHz) da MediaTek. O armazenamento é de 32 GB e ele conta com 2GB de memória RAM, além de suportar cartão microSD de até 512 GB.

Outro ponto positivo é a bateria, que tem capacidade de 4.000 mAh, que é suficiente para 36 horas longe do carregador, segundo a Motorola. O padrão de conexão é o USB-C, e o aparelho ainda conta com Bluetooth 5.0, Android 10 e botão dedicado ao Google Assistente. O que fica faltando, porém, é o NFC para pagamentos por aproximação, o que é algo um pouco decepcionante considerando a crescente adoção e popularidade da tecnologia.

Segundo a Motorola, o Moto E7 será vendido na Europa por € 119,99, o que corresponde a cerca de R$ 765 em conversão direta. Embora a empresa não tenha divulgado datas, a expectativa é que ele seja lançado em breve. O Moto E7 Plus chegou no Brasil com preço sugerido de R$ 1.500, então podemos esperar um valor mais baixo do que isso para o Moto E7.

[GSM Arena, Motorola]