novo Razr dobrável parece o reboot perfeito, capturando o estilo e o espírito do icônico telefone da Motorola em meados dos anos 2000, mas com atualizações inteligentes baseadas em tecnologias mais modernas. Infelizmente, menos de uma semana antes do início da pré-venda, a Motorola acaba de anunciar que o lançamento do Razr será adiado.

Originalmente, a pré-venda do Razr de US$ 1.500 estava programada para começar em 25 de dezembro, com as vendas oficiais programadas para 9 de janeiro. Mas agora, o lançamento do Razr foi adiado indefinidamente “para melhor atender à demanda do consumidor”.

Em comunicado enviado ao Gizmodo, a Motorola disse:

“Desde o seu anúncio em novembro, o novo Motorola Razr foi recebido com emoção e interesse incomparáveis ​​dos consumidores. A demanda tem sido alta e, como resultado, rapidamente superou as previsões de oferta.

A Motorola decidiu ajustar a pré-venda do Razr e o tempo de lançamento para melhor atender à demanda do consumidor. Estamos trabalhando para determinar a quantidade e o cronograma apropriados para garantir que mais consumidores tenham acesso ao Razr no lançamento.

Não prevemos uma mudança significativa em relação à nossa linha do tempo de disponibilidade original”.

Embora adiar o lançamento do novo Razr não seja algo bem-visto, considerando todos os atrasos que concorrentes como o Samsung Galaxy Fold e Huawei Mate X sofreram, esse atraso parece ter mais a ver com a Motorola querer aumentar a oferta de seu telefone dobrável e chamativo do que para resolver possíveis falhas de design.

Além disso, com uma grande parte do mundo da tecnologia se preparando para participar da CES 2020 (que acontece oficialmente de 6 a 10 de janeiro), provavelmente foi uma decisão inteligente adiar o lançamento do Razr até depois da feira.

Apresentando uma tela pOLED flexível de 6,2 polegadas, o novo Razr é o terceiro smartphone com uma tela dobrável de um grande fabricante e, apesar do preço de US$ 1.500, também é o menos caro do grupo. E depois de ter uma breve chance de brincar com ele, acho que o aparelho transmite totalmente toda a nostalgia do original.

O novo Razr ainda oferece um encaixe satisfatório primal quando você fecha o telefone, e a segunda tela muito maior e com maior definição do lado de fora é uma grande melhoria em relação ao original e uma ferramenta útil para capturar selfies.

No entanto, com um processador Snapdragon 710 de gama média e uma bateria relativamente pequena de 2.510 mAh, o novo teste real do Razr será como ele aguenta o uso prolongado, algo que eu ainda não tive a chance de testar.

Ainda assim, se você está decidido a encomendar o novo Razr, é melhor ficar de olho na sua caixa de entrada, porque essa coisa parece pronta para esgotar rapidamente.