Quando a Motorola mostrou o Atrix na CES, muita gente ficou de queixo caído: aparelho dual-core com 1GB de memória RAM e prometendo milagres com sua bateria de 1900mAh. Para completar, aquele dock em forma de laptop foi a razão para coroarmos o aparelho como o melhor smartphone da CES. Passada a empolgação, surge o preço do aparelho e de seu dock nos EUA. E o valor não é muito animador.

O Atrix será vendido pela AT&T num contrato de dois anos por U$200 – preço comum para os smartphones topo de linha. Até aí, tudo bem. Já na parte do dock, as coisas começam a ficar complicadas: se o usuário assinar o plano mais alto de dados da AT&T, o Data Pro, ele pode levar o Laptop Dock por mais U$300. E comprar o dock separadamente custará U$500.

Quinhentos dólares num dock, nos EUA, pode ser considerado bem caro. Com o valor é possível comprar um notebook bem atualizado, um tablet com Android ou o iPad mais básico. Ou seja, não é o preço mais empolgante se a ideia é popularizar de vez a mistura entre smartphone e laptop para navegação.

E se nos EUA o Laptop Dock já chega com possível ar de acessório de luxo, como será que ele aterrissará por aqui? O Atrix chega ao Brasil em abril, mas não há ainda nenhum preço definido – tanto para o aparelho quanto para o dock. Pelos cálculos, é difícil que o dock chegue por menos de mil reais na venda “desbloqueada”. Esperamos que a Motorola consiga fazer um bom arranjo com as operadoras para vendê-lo junto ao aparelho por um preço menor. [Gizmodo US]