Após alguns rumores, eis que a Motorola anuncia a chegada de dois aparelhos novos da linha de gama intermediária Motorola One no Brasil. São eles: o Motorola One Fusion (R$ 1.799) e o Motorola One Fusion+ (R$ 2.499). De destaque, eles têm em comum múltiplas câmeras e bateria de 5.000 mAh, que a fabricante promete fazer com que os smartphones fiquem longe da tomada por até dois dias.

Vale ressaltar que a linha Motorola One se posiciona entre aparelhos intermediários, com algumas variações com itens mais sofisticados. Segundo a Motorola, os aparelhos deste modelo Fusion contam com dois pedidos de clientes, que foram ouvidos em pesquisas feitas pela companhia: vários sensores e uma bateria parruda.

Mantendo a tradição dos dispositivos da marca, ele vem com Android 10, com garantia de uma atualização do sistema operacional e dois anos de updates de segurança. Ainda que não personalize muito o sistema, a Motorola tem sua interface MyUX, que possibilita personalizar ícones e fontes.

Por fora, os dois Moto One Fusion são bem parecidos. Eles têm entrada para fone de ouvido, entrada USB-C e uma tela de 6,5 polegadas.

Motorola One FusionMotorola One Fusion tem um pequeno buraco na tela para abrigar a câmera para selfie; modelo tem um botão dedicado para acionar Google Assistente. Crédito: Motorola

O Motorola One Fusion convencional tem tela HD, enquanto o Fusion+ tem um display Full HD. Aliás, este modelo mais avançado tem uma certificação YouTube Signature Device, que reúne dispositivos com suporte a alta taxa de quadros, codecs de próxima geração, decodificação 4K, entre outras características. Foi nesta lista do Google que o Motorola One Fusion+ vazou em maio.

Talvez a grande diferença física deles é no fato de o Fusion ter um furico na tela para abrigar a câmera frontal de 8 MP, enquanto o Fusion+ conta com um mecanismo pop-up, que esconde um sensor de 16 MP, igual ao do Motorola One Hyper.

Motorola One Fusion+Visual do Motorola One Fusion+ na cor branca, inclusive a moldura; câmera fica na parte superior e só “sai pra fora” quando acionada. Crédito: Motorola

Na traseira dos dois tem quatro sensores, e o interessante é que todos têm o modo Night Vision, possibilitando captar imagens em cenas com pouca iluminação. O conjunto é composto por

Motorola One Fusion

  • sensor principal de 48 MP | Lente 79° | Abertura f/1,7
  • ultra grande angular de 8 MP | Lente 118° | Abertura f/2,2
  • sensor macro de 5 MP | Lente 83° | Abertura f/2,4
  • sensor de profundidade de 2 MP | Lente 87° | Abertura f/2,4

Motorola One Fusion+

  • sensor principal de 64 MP | Lente 79° | Abertura f/1,8
  • ultra grande angular de 8 MP | Lente 118° | Abertura f/2,2
  • sensor macro de 5 MP | Lente 83° | Abertura f/2,4
  • sensor de profundidade de 2 MP | Lente 87° | Abertura f/2,4

Por dentro, eles vêm com 4 GB de RAM e chips da série Snapdragon 700, da Qualcomm. O Fusion tem o Snapdragon 710, enquanto o Fusion+ tem o Snapdragon 730. Quanto ao armazenamento, eles têm respectivamente 64 GB e 128 GB.

Depois de tudo isso, temos a bateria. Os dois têm 5.000 mAh, o que é uma ótima capacidade para quem quer deixar seu telefone por um bom tempo longe da tomada. A única observação aqui é que o One Fusion deve ter uma duração mais próxima da promessa de dois dias, pois sua tela tem resolução menor, portanto gasta menos energia. Em contrapartida, o One Fusion+, por ser Full HD, tende a exibir imagens mais nítidas.

A série de smarpthones Motorola One Fusion vem para completar o portfólio da marca. Após o lançamento de aparelhos de entrada e intermediários (Moto E e Moto G, respectivamente) e um modelo topo de linha (Moto Edge), faltava um meio termo. Penso que o Motorola One Fusion será o de maior apelo, pelo custo benefício aliado à alta capacidade de bateria, porém o One Fusion+ não deixa de ser uma opção interessante, já que conta com um chip de ótimo desempenho.

Quem for ainda mais doido por autonomia de bateria, também deve ficar de olho no Galaxy M31, da Samsung, pois conta com 6.000 mAh, mas o design dele é bem mais sóbrio.

Motorola One Fusion

  • Sistema: Android 10
  • Chip: Qualcomm Snapdragon 710
  • Tela: 6,5 polegadas HD+ (proporção 20:9)
  • Câmera selfie: 8 MP
  • Câmeras traseiras: principal de 48 MP, ultra grande angular de 8 MP, macro de 5 MP, sensor de profundidade de 2 MP
  • Armazenamento e memória RAM: 64 GB/4 GB
  • Bateria: 5.000 mAh (carregador de 10 W)
  • Cores: verde esmeralda e azul safira
  • Preço: R$ 1.799

Motorola One Fusion+

  • Sistema: Android 10
  • Chip: Qualcomm Snapdragon 730
  • Tela: 6,5 polegadas Full HD+ (proporção 20:9)
  • Câmera selfie: 16 MP
  • Câmeras traseiras: principal de 64 MP, ultra grande angular de 8 MP, macro de 5 MP, sensor de profundidade de 2 MP
  • Armazenamento e memória RAM: 128 GB/4 GB
  • Bateria: 5.000 mAh (carregador de 18 W)
  • Cores: branco prisma e azul indigo
  • Preço: R$ 2.499