Até então, quem queria um Android na Nextel tinha que se contentar com o Motorola i1, aparelho lançado há mais de um ano e que ainda roda Android 1.5. Agora, a Nextel oferece um novo Android, o Motorola Titanium, com touchscreen de 3,1 polegadas, teclado QWERTY na vertical, câmera de 5 megapixels com flash e… Android 2.1.

Pois é, ele roda uma versão um pouco mais atual do Android, mas ainda assim presa no passado (o Google lançou o Éclair em janeiro de 2010). O que significa que funções só presentes em versões superiores, como navegador web rápido, suporte a Flash, ganhos de velocidade e duração de bateria e novo Android Market não estão no Titanium.

E o que está no Titanium? Uma touchscreen de 3,1 polegadas e resolução 320×480, teclado QWERTY na vertical (lembrando bastante o Motorola Pro) com teclado virtual Swype, e uma câmera de 5MP com flash. Por dentro, um processador de apenas 504MHz, 512MB de RAM e até 180MB de memória interna livre, mais cartão microSD de 2GB (expansível a até 32 GB). Ele também tem microfone duplo para redução de ruído e bateria de 1.820 mAh. (Especificações completas aqui.) E, além do push-to-talk da Nextel, ele tem Nextel Email, um servidor exclusivo para push mail.

O Motorola Titanium já foi lançado nos EUA. Lá, o Phone Arena gostou bastante da redução de ruído e qualidade das ligações. A CNET aprovou o teclado físico, e a touchscreen ágil na resposta ao toque. A PC Magazine destaca a longa duração da bateria (algo incomum nos Androids), mas diz que o desempenho do Titanium é “inaceitavelmente lento”. Com processador de 504MHz – mais lento que do meu Dext, lançado em 2009 – isso não é muita surpresa.

O Motorola Titanium está disponível no Brasil pela Nextel por R$1.299, mas pode chegar a R$799 dependendo do seu plano. [Motorola]