A segunda geração de tablets chegou ao Brasil oficialmente hoje. O Motorola Xoom, o primeiro com Android 3.0 e com especificações bem interessantes, foi anunciado oficialmente em evento que contou a participação do CEO global da companhia, Sanjay Jha. Ele estará amanha em diversas lojas do varejo, por R$ 1.899 em sua versão de 32 GB e Wi-Fi, com alguns mimos específicos para o público brasileiro. Veja se é interessante para você:

Por chegar primeiro – com apenas dois meses de atraso em relação aos EUA -, com uma campanha de marketing interessante e por, bem, ser um tablet com especificações potentes, achamos que o Xoom terá uma melhor sorte para beliscar um pedaço do mercado criado pelo iPad. A Motorola conseguiu alguns parceiros para o lançamento do Xoom (que o CEO chama de “Zoom”, mas o country manager brasileiro chama de “Chum”): a editora Abril vai dar uma assinatura digital limitada de 3 revistas, a Saraiva Digital (que lançou seu leitor para Android semana passada) dará 5 best-sellers e a Gameloft liberará um jogo gratuito, Need for Speed. É um pacote efetivamente interessante – que preferimos a “skins” como o Motoblur -, que mostra alguns dos usos preferenciais do tablet e pode conquistar novos consumidores.

Mas, de novo, R$ 1.899. É bastante dinheiro. O que vocês acham? Pessoas que estavam empolgadas com o Xoom, vão entrar na fila?