Jeanne Mundango Manunga, uma salafrária, foi recentemente presa pela polícia da Califórnia por mandar SMSs com ameaças para si mesma, fazendo passar-se pelo seu ex-namorado e pela sua cunhada, que foram presos. Agora ela está na cadeia, onde merece estar. 

Mas como ela conseguiu tal feito? Bem, não foi fácil. Primeiro ela comprou um telefone pré-pago em nome da cunhada. Depois ela começou o envio das centenas mensagens com ameaças, visitando a polícia dezenove vezes para prestar queixas.

A cunhada foi presa três vezes antes de começar um pequeno trabalho de detetive junto da polícia e do ex-namorado. 

A cunhada e o ex-namorado estavam completamente certos de que algo estava errado. Eles foram então a uma loja de telefones celulares, onde acabaram descobrindo que Jeanne havia comprado um telefone pré-pago usando o nome da sua cunhada. 

Quando a polícia descobriu que a maioria das chamadas feitas com aquele telefone se originaram de locais próximos à casa ou local de trabalho da Jeanne, suas suspeitas ficaram maiores.

Esperta, mas nem tanto. [Orange County Register via CNET]