Os vencedores do concurso de fotografia National Geographic Traveler deste ano foram anunciados. Todos são sensacionais, e a foto de um brasileiro levou o primeiro lugar.

Foram mais de 15.500 fotografias enviadas para este concurso, e os principais prêmios foram concedidos às três melhores imagens, junto a sete prêmios de mérito.

As fotos, tiradas ao redor do globo, estão em quatro categorias: retratos de viagens, cenas ao ar livre, senso de lugar, e momentos espontâneos. Você pode conferir todas aqui.

A imagem acima, um retrato de uma coruja oriental, foi feita por Graham McGeorge no sudeste dos EUA. Ela ganhou um dos prêmios de mérito.

O terceiro lugar foi dado a Yanai Bonneh:

natgeo traveller (1)

Chamada de “Diga Xis”, a dramática foto foi tirada no parque nacional de Masai Mara, no Quênia. Eis o que o diretor de fotografia da Nat Geo Traveler, Dan Westergren, tem a dizer sobre ela:

Eu vi algumas fotos diferentes de chitas em veículos de turismo. Aparentemente, elas gostam de usar os carros como um ponto de vista mais elevado para olhar ao redor. Mas esta imagem da chita contornando o telhado aberto deste Land Cruiser traz uma nova visão de perigo para a experiência de safari. É uma foto divertida de se olhar por causa de toda a atividade secundária. O fotógrafo no banco da frente se virou com a câmera no olho, mas há uma mulher no banco do meio, tentando capturar uma foto dela mesma com a chita no fundo. Perigo e humor sutil combinados em uma imagem. O que poderia ser melhor?

O segundo lugar foi para Max Seigal, que tirou esta foto nos EUA intitulada “Tempestade no Kiva Falso“:

natgeo traveller (2)

“Eu caminhei para estas ruínas à noite com a esperança de fotografá-las com a Via Láctea, mas em vez disso veio uma tempestade, criando esta imagem dramática”, disse Seigal.

E o primeiro lugar é do brasileiro Wagner Araújo. Ela foi tirada no Rio Negro, Manaus, Amazonas e ganhou o nome de “Aquatlo Brasileiro” – aquatlo é um esporte que mistura natação e corrida.

natgeo traveller (3)

A sensação de movimento e energia é palpável. E eu adoro o efeito natural de granulação causado pelos salpicos de água.

Um dos prêmios de mérito foi para Hideyuki Katagiri por esta fotografia de flores de cerejeira, chamadas Sakura em japonês.

natgeo traveller (4)

Algumas fotos fantásticas que não foram escolhidas:

natgeo traveller (5)

Névoa em Cape Town, por Eric Nathan.

natgeo traveller (6)

Grande tubarão branco da ilha de Guadalupe, por Marc Henauer.

Confira todas aqui.

Todas as imagens via National Geographic.