Eu gostei bastante da nova barra de tarefas do Windows 7, mas reconheço que ficou mais difícil selecionar uma janela, já que o W7 combina ícones do mesmo programa: primeiro você escolhe o programa, depois a janela a qual você quer chegar. Mas dá para fazer isso bem mais rápido, com um pouco de mágica no Registro.

A gente quer fazer três coisas aqui: fazer a lista de janelas combinadas aparecer mais rápido, fazer a previsualização de cada janela surgir mais rápido, e usar o AeroPeek para ver a área de trabalho mais rápido.

Para isso, você precisa ir ao Registro do Windows, digitando "regedit" (sem as aspas) no menu Iniciar. Lembre-se: estas dicas só valem para o Windows 7. E mexer no registro pode ser arriscado, então faça estas modificações por sua conta e risco.

Vá até a chave:

HKEY_CURRENT_USERSoftwareMicrosoftWindowsCurrentVersionExplorerAdvanced

Procure estes três valores: ExtendedUIHoverTime, ThumbnailLivePreviewHoverTime e DesktopLivePreviewHoverTime. Se algum deles não existir, basta clicar com o botão direito, selecionar Novo > Valor DWORD (32 bits) e criá-los.

Altere os valores padrão dos três para 1: faça duplo clique em cada uma das chaves e coloque o valor 1 na caixa "Dados do Valor", e clique em OK. Agora é só fazer logoff e logar de novo, e sua barra de tarefas estará mais rápida.

Para testar, abra várias janelas de um mesmo programa e vá navegando entre elas pela barra de tarefas. E passe o mouse no botão da extrema direita da barra de tarefas: visualizar a área de trabalho ficou mais rápido também.

Se você não quiser ficar mexendo no registro de valor em valor, você pode baixar este arquivo de registro (link alternativo) e instalá-lo. Novamente, faça por sua conta e risco. Se você quiser voltar às configurações originais, rode o script "Restaurar", no arquivo que você baixou.

Outra solução, menos invasiva, é fazer a barra de tarefas exibir botões para cada janela aberta, em vez de combiná-las em um ícone só. Para fazer isso, clique com o botão direito em um espaço vazio da barra de tarefas, selecione Propriedades e, em Botões da Barra de Tarefas, escolha "Combinar quando a barra de tarefas estiver cheia". As janelas não aparecem mais rápido, mas fica mais fácil selecioná-las na barra de tarefas.

Lembre que estas dicas só funcionam no Windows 7. Se você testou alguma das duas soluções, o que você achou? Se você tiver mais alguma dica, compartilhe-a nos comentários. [AskVG, AskVG e The How-To Geek]