A Netflix não revela os números por trás do seu serviço no Brasil, mas dois levantamentos independentes mostram que o Netflix brasileiro ultrapassou neste mês a marca de 1.000 filmes – e destes, pouco mais da metade é do ano 2000 até hoje. O serviço também conta com mais de 200 séries e novelas no total.

Os números são levantados pelos sites Filmes Netflix e Navegador Netflix, este um serviço gratuito do blog Lançamentos Netflix. Ambos desconsideram filmes e séries não disponíveis no momento, seja porque foram retirados do catálogo ou porque ainda vão entrar. E mesmo desconsiderando especiais de comédia e UFC (considerados pelo Netflix como filmes) o catálogo de filmes já é maior que 1.000.

Destes, mais de 500 filmes são do ano 2000 em diante, enquanto cerca de 380 são das décadas de 80 e 90. Quase 70% dos mil filmes estão disponíveis em HD – estranhamente, isso inclui filmes lançados até mesmo nas décadas de 90 e anteriores, quando nem se cogitava filmes em alta definição.

E as séries? São mais de 200, incluindo aí pelo menos 55 novelas e quase 20 documentários da BBC. Quase 70% das séries e novelas são do ano 2000 até hoje. Os números desconsideram séries que aparecem no catálogo mas estão indisponíveis, como Dexter.

Quanto às legendas, o Filmes Netflix diz que 788 títulos (entre filmes e séries) têm legendas em português do Brasil, ou cerca de 60%. E os outros 40% sem legenda? Mesmo desconsiderando filmes brasileiros, isso ainda é muito. Em entrevista ao Ztop, Jonathan Friedland, vice-presidente global de comunicação e marketing do Netflix, disse que “terminamos de oferecer legendas para todo o conteúdo com som original” – mas ainda há bastante conteúdo sem legendas, como Heroes (“Heróis”, na versão dublada do Netflix).

Friedland também diz que, desde setembro, “dobramos o total de filmes e programas de TV no site”. O Netflix chegou em 05/09 mas o primeiro levantamento do Filmes Netflix é do dia 18/09, quando havia cerca de 600 filmes e 90 programas de TV. Hoje, são quase 1.300 títulos no total – de fato, quase o dobro.

O Netflix está pronto para aumentar o catálogo em 2012, mas eu não esperaria muitos filmes lançados recentemente: a Microsoft queria criar um serviço com programação atual (como o Hulu) e canais de TV ao vivo, mas segundo a Reuters, a empresa desistiu porque isso é muito caro. Se algo assim é caro para a Microsoft, deve ser caro para a Netflix. [Filmes Netflix e Lançamentos Netflix]