Netflix cria seu próprio TikTok com trechos engraçados de seus programas

Disponível apenas para usuários de iPhone em países de língua inglesa, o recurso ainda não tem previsão de lançamento para o Brasil.

Captura de tela: Netflix/Reprodução.

Captura de tela: Netflix/Reprodução.

Nesta quarta-feira (03), a Netflix lançou seu mais novo recurso chamado Fast Laughs (Risadas Rápidas, em tradução livre) que faz com que os usuários possam conferir vídeos curtos e engraçados dos filmes, séries, programas e outros títulos originais dispostos na plataforma. Disponível apenas para usuários de iPhone em países de língua inglesa como EUA, Canada, Reino Unido e Austrália, o recurso ainda não tem previsão de lançamento para o Brasil.

A exibição dos trechos é feita na vertical, como se estivesse assistindo a um story ou um vídeo no Reels, como no Instagram. Entretanto, o conteúdo e a interface foram claramente inspirados no Tiktok, o que não é necessariamente ruim, uma vez que vai ser uma experiência complementar para quem já é um consumidor do serviço.

Segundo as informações divulgadas, para conferir a função, basta clicar na opção que vai estar aparecendo na parte inferior da tela do aplicativo. Ao todo, serão disponibilizados até 100 novos vídeos por dia, com direcionamento automático dos produtos apresentados para dentro da plataforma, o que vai permitir a descoberta de obras escondidas do catálogo. Além disso, vai ser possível usar um filtro de classificação por idade e optar pelo compartilhamento via WhatsApp, Instagram, Snapchat e Twitter.

A duração pode levar de 15 a 45 segundos, dependendo da “sacada”. Ah, caso o conteúdo seja realmente engraçado e te divirta, você pode clicar na reação “LOL”, assim como no Facebook você dá “amei” para uma postagem sobre cachorrinhos fofinhos.

Entre os títulos que já conferem este novo conteúdo estão os programas de stand-up 23 Hours to Kill, Baby Cobra e Douglas; os programas de TV The CrewSchitt’s Creek, bem como os filmes Mistério no Mediterrâneo e Moxie, que estrou na plataforma nesta semana. Sempre lembrando que este recurso não está disponível no Brasil, o que explica algumas diferenças de catálogo.

Recentemente, a Netflix anunciou que vai liberar o modo aleatório para todo mundo — uma solução esperta para quem não quer perder tempo decidindo o que ver. Outra novidade é o download automático de títulos com base no que o usuário gosta. O serviço também vem testando uma programação contínua, como se fosse um canal de TV. Na disputa cada vez mais acirrada entre os serviços de streaming, a empresa já decidiu suas armas: ajudar o consumidor a encontrar o que gosta, nem que seja em vídeos curtinhos.

[Variety]

Sair da versão mobile