A ideia de um “Facebook phone” está por aí desde 2010, mas até agora nada de virar realidade. Nem mesmo o trabalho da Rede Social com a HTC resultou em algo interessante — tratavam-se apenas de dispositivos simples com Android. Mas agora o New York Times diz que o Facebook está montando um time de design de celulares — o que pode significar que o aparelho do Facebook ainda é uma possibilidade.

O Times relata que o Facebook está montando sem pressa um pequeno e seleto time de ex-funcionários da Apple para trabalhar no Projeto Buffy, uma iniciativa a princípio criada em parceria com a HTC, mas que ainda tem fôlego, ao menos para o Facebook. Do artigo:

“Funcionários do Facebook e diversos engenheiros visados por recrutadores de lá, bem como pessoas cientes dos planos do Facebook, dizem que a empresa espera lançar seu próprio smartphone ano que vem. Essas pessoas falaram sob a condição de serem mantidas anônimas, por medo de comprometerem seus empregos ou relacionamento com o Facebook.

A empresa já contratou mais de meia dúzia de ex-engenheiros de hardware e software da Apple que trabalharam no iPhone e um que trabalhou no iPad, disseram os funcionários por dentro dos planos…

Um engenheiro que trabalhou na Apple, no projeto do iPhone, disse ter se encontrado com Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, que o encheu de perguntas sobre o funcionamento interno dos smartphones. Não pareceu mera curiosidade, disse o engenheiro; o Sr. Zuckerberg perguntou sobre detalhes intrínsecos, incluindo os tipos de chips usados. Outro ex-engenheiro de hardware da Apple foi recrutado por um executivo do Facebook e informado sobre as explorações em hardware da empresa.”

Como o Business Insider aponta, é interessante ver que o Facebook está desenvolvendo às claras um ecossistema completo de software móvel; seu app principal, Messenger e, agora, o Camera. Houve até alguns rumores de que o Facebook estaria prestes a comprar o Opera. Embora não haja evidências de que o Facebook planeja desenvolver seu próprio sistema operacional móvel, ele é apontado como uma das únicas empresas capazes disso.

Talvez seja um pouco exagerado, mas o Times também sugere que o Facebook possa inclusive lançar um smartphone no começo do ano que vem. Ainda precisamos ver o quão realista é essa previsão — mas parece bem claro que Zuckerberg está interessado na ideia de arriscar. [New York Times. Foto: Johan Larsson/Flickr]