O Nexus 7 só chega ao Brasil no ano que vem e sem data certa de lançamento – o Google afirma que quer que ele esteja por aqui “em breve”.

Ao G1, Hugo Barra, vice-presidente da divisão do Google, disse que a ideia era que o Nexus 7 estivesse nas lojas antes do Natal, mas ele acabou atrasando. O Google está adaptando o produto ao mercado brasileiro e espera que consiga homologá-lo na Anatel e colocá-lo nas lojas ano que vem.

Além disso, os planos da empresa para o ano que vem incluem a expansão da loja Google Play, que começou a vender filmes e livros por aqui na quarta-feira (5) e pode oferecer também músicas, séries de TV e revistas, como acontece em outros países. Mas, assim como o tablet, o Google não tem uma data específica para isso e diz que espera lançar “o mais rápido possível”.

Não sabemos como vai ser feita a venda do tablet por aqui, se a distribuição será por conta do Google (como acontece nos Estados Unidos) ou se a Asus, que produz o tablet, é quem vai cuidar disso. Também não sabemos quando o Nexus 10, que é feito pela Samsung, deve ser lançado no Brasil.

O modelo de distribuição pode definir o preço do tablet por aqui. Ele é vendido por US$ 199 no modelo de 16GB nos EUA, mas isso só acontece por causa de subsídios do Google. Se a Asus vendê-lo por conta própria, é pouco provável que o Google cubra parte dos custos, o que tornaria a versão nacional bem mais cara.

O outro Nexus anunciado recentemente também vai aparecer por aqui em breve. Mas parece que o Nexus 4 vai ser lançado pela LG, e não pelo Google. A fabricante já conseguiu homologação da Anatel e pode começar a vender o smartphone a qualquer momento. [G1]