Não é só tablet e Jelly Bean que serão revelados hoje no Google I/O, a conferência do Google que a essa altura já deve ter começado. Antes disso, vazou o Nexus Q, equipamento que a empresa define, no vídeo de apresentação, como “o primeiro dispositivo de streaming social.” Mas, afinal de contas, o que essa essa bolinha?

O Nexus Q tem 116 mm de diâmetro, pesa pouco menos de 1 kg e tem seu próprio speaker, com 26W de potência. Ele funciona como uma interface social entre as suas músicas e caixas de som e TV (via HDMI, cabo incluso) — mais ou menos como parte do que um set-top box faz. A grande diferença, porém, está na origem e no alardeado fator social: com um smartphone ou tablet rodando Android 2.3 ou superior com acesso ao Google Play (ou seja, é guerra declarada contra o Kindle Fire da Amazon mesmo), as playlists de músicas e vídeos são montadas por você e seus amigos.

O Google explica melhor no vídeo abaixo:

Ele tem NFC, Bluetooth e Wi-Fi, 16 GB de memória flash interna, SoC OMAP4460 (CPU ARM Cortex-A9 dual-core e GPU SGX540), controle de volume no topo e sensor para mudo. Parece completo, tem um visual futurista bacana e um grande potencial para animar festas — desde que seus amigos tenham Android e curtam/saibam mexer com essa tal de nuvem. E por “nuvem”, entenda a do Google: aparentemente o Nexus Q não vai brincar com conteúdo local ou de outros locais que não Google Play, Google Music, YouTube etc. Todo o conteúdo, músicas, vídeos e programas de TV, serão exibidos por streaming via Internet. Quem usa a loja do Pirate Bay e similares ficará na mão…

O Nexus Q é a primeira iniciativa concreta do Android@Home, anunciada na Google I/O do ano passado e que pretende levar o robozinho verde para dentro das nossas casas. Por ora, só está acessível no Google Play dos EUA e tem o preço sugerido de US$ 299. [The Verge, TechCrunch]