Ah, como esperei por este dia. O dia que a Nikon entra para o mundo do vídeo Full HD. A P100 não apenas grava vídeo em 1080p, mas também faz bursts de 120FPS e vem com um sensor XMOS de 10MP para melhor performance sob baixa luminosidade. Yes.

Ela é uma superzoom — 26mm (26mm-678mm), portanto fica um pouco atrás dos anúncios que a Olympus ou Fuji fizeram nos últimos dias.

Trata-se da primeira Coolpix a fazer a transição para CMOS, recuando para 10 megapixels para (esperamos) oferecer uma melhor performance em baixa luminosidade, junto com processamento HDR. Também é a primeira Nikon a fazer vídeos 1080p, e me disseram que é H.264. Tomara que essa evolução chegue também às DSLR da marca. Outra coisa legal: você pode usar o zoom enquanto grava vídeos — algo raro.

A Fuji HS10 mata a P100 no papel: mais zoom, mesma promessa de performance em pouca luz graças à ao sensor CMOS otimizado a 10MP, vídeo em câmera lenta a 1000FPS e vídeo 1080p. Mas a P100 custa 100 dólares a menos, chegando a US$ 400 em março. Páreo duro, então só sabaremos qual leva a melhor quando pudermos vê-las em ação.