A nova Nikon 1 S1 é a câmera mais barata na série da Nikon de ​​câmeras mirrorless com lentes intercambiáveis.

Por US$500, a Nikon 1 S1 oferece sensor de uma polegada e 10,1 megapixels, lente zoom compacta 11-27,5 mm, e tem ISO máximo de 6400.

Ela possui uma tela LCD de 3″ e vem com o novo processador Expeed 3A, que permite capturar 15 fotos por segundo com foco automático de forma contínua.

É uma opção com preço particularmente bom e pode seduzir os fotógrafos que estejam bem interessados no sistema de câmeras mirrorless da Nikon. Ela chega aos EUA em fevereiro.

nikon1b

Por sua vez, a nova Nikon 1 J3 vem com sensor de uma polegada e 14,3 MP, e uma lente zoom 10-30mm. Além da tela de 3″ e processador Expeed 3A, ela possui um botão físico na parte superior para alternar entre os modos da câmera. Ela custa US$600 e também chega aos EUA em fevereiro.

Entre essas duas câmaras está a Nikon 1 J2, anunciada em agosto, que custa US$550.

Como seria de esperar, a J3 tem mais recursos, e à medida que você olha para câmeras mais baratas, alguns recursos vão sendo tirados. Mas vale notar que todas essas câmeras são mais baratas e mais sofisticadas do que a Nikon 1 J1, anunciada em 2011, que por US$600 simplesmente não conseguia ser competitiva.

Com base apenas na qualidade dos seus componentes, as câmeras mirrorless Nikon 1 sempre foram caras. E sua funcionalidade está voltada mais para amadores, sem grandes ambições, em vez de usuários mais experientes.

Enquanto isso, a concorrência oferecia câmeras mais sofisticadas pelo mesmo preço. Por exemplo, até agora uma câmera da Nikon com sensor de uma polegada custava o mesmo que a similar da Sony, que tem um sensor APS-C muito maior (e melhor).

Mas agora teremos a Nikon 1 por preços mais baixos. Aí sim. [Nikon via The Verge]