No futuro, drives SSD de mil gigabytes terão o tamanho de um selo

Qualquer um que conheça a Lei de Moore sabe que, ao longo do tempo, o armazenamento ficou — e vai ficar — maior e mais barato. Mas a possibilidade de um drive SSD de 1TB do tamanho de um selo? Parece impossível, mas não para estes espertos cientistas japoneses.

Um grupo de pesquisadores de várias universidades e organizações japonesas se uniram para trabalhar e fazer o tamanho dos SSDs despencar, e a eficiência decolar — e eles esperam produzi-los o suficiente para serem vendidos em 2012. Eles já criaram um protótipo feito de 128 chips de memória flash NAND e um chip de controle (imagem acima), e ele pode transferir dados a 2GB por segundo. Sério, eu sonho com esse tipo de coisa. Um SSD que cabe no meu bolso? Demais. [Nikkei via CrunchGear]

Sair da versão mobile