Tem partes do Windows 8 que parecem realmente incríveis – como a nova interface à la Windows Phone 7! Mas agora temos um vídeo da nova interface do Windows Explorer. Mais funcional? Talvez. Mas o visual dela não está bom.

Para mim, a interface do Explorer no Windows 7 se tornou tão mínima ao ponto de não ser mais simples. Mas dar uma volta de 180° e tornar todos os itens do menu permanentemente visíveis, com ícones espalhados por todo canto, também não é a melhor solução.

A Microsoft diz que eles estão reimaginando a interface com o Windows 8 e o Explorer. Mas, além do ribbon de comandos, a navegação no Explorer continua a mesma. E mesmo com todos esses ícones expostos na parte de cima do Explorer, ainda há mais menus de contexto e abas secundárias. Blergh.

Esta é uma mentalidade de expor tudo o que é mais usado, o que é sempre bom na teoria. Mas para quem não é usuário experiente, isto parece ser um exagero. Minha reação imediata e subconsciente à nova interface foi de leve confusão com tanto ícone e comando junto. Eu poderei ocultar o ribbon, é claro, mas se a solução para o ribbon é escondê-lo, tem algo errado com ele.

A Microsoft justifica a nova interface apontando para os dados: os comandos mais usados agora estão no ribbon, acessíveis com apenas um clique – em vez de dois ou mais. Mas dados de uso não podem deixar o design de fora. Os dados devem apoiar o instinto que torna humano o design da interface. Claro que há boas ideias aqui: elas só precisam ser exibidas de forma mais elegante. [Building Windows 8]