Da última vez que vimos o ribbon no Windows Explorer, nós achamos uma bagunça: exibir ícones para quase todas as funções disponíveis polui a interface e pode confundir o usuário. Fora que tem algo de estranho no ribbon do Explorer: ele não é agradável de se ver como no Office. Bem, a gente vai ter que se acostumar: a Microsoft já avisou que o ribbon não vai a lugar algum.

Ilana Smith, da equipe do Windows 8 na Microsoft, explica que “quando vista de forma ampla, [a reação negativa ao Ribbon] é equilibrada por uma maioria de pessoas que está satisfeita e mais produtiva com as mudanças”. Mas se você não gosta do ribbon, a Microsoft preparou várias novidades para o Windows 8 Beta.

Primeiro, o ribbon fica minimizado por padrão, como na imagem acima: você só o verá se precisar. Segundo, os botões do ribbon agora exibem os atalhos de teclado correspondentes, como na imagem abaixo. Assim, se você só quer um comando específico do ribbon, basta aprender o atalho do teclado. Terceiro, suas configurações do ribbon e da Barra de Acesso Rápido – aqueles ícones pequenos no canto superior esquerdo – serão sincronizadas com sua conta Live, então o Explorer ficará do seu jeito onde quer que você faça login (desde que seja no Windows 8, claro).

Por fim, se você realmente odeia o ribbon e quer vê-lo bem, bem longe de você, é só não usar o Explorer padrão. Eis o que Ilana diz sobre isso:

Nós lembramos a vocês que há ferramentas de terceiros disponíveis (provavelmente as mesmas usadas por quem não gosta do ribbon) que fornecem vários paradigmas diferentes de interface. Nós aceitamos a ideia de que ferramentas de terceiros exercem um papel importante na experiência do Windows.

Ilana traz outras pequenas novidades: por exemplo, ao copiar arquivos de uma pasta para outra e ver que há arquivos semelhantes, você pode ignorar a cópia de arquivos que sejam realmente iguais – em nome, tamanho e momento da última edição. E agora há uma forma de fixar arquivos e pastas no novo menu Iniciar, através do “Pin to Start” no Explorer. Os outros detalhes você encontra no post completo: [Building Windows 8 via The Verge]