Um aparelhinho bonito, com tela de 3,2 polegadas, processador de 1GHz, câmera de 5MP e um sistema que apesar de fadado ao esquecimento nos próximos anos, continua sendo atualizado e ficou bem bacana após a última atualização. Esse é o Nokia 500, que chega ao Brasil custando R$649, um valor bem aceitável pela configuração. Mas, como já falamos por aqui em agosto, ele tem lá seus problemas.

O Nokia 500 roda Symbian Anna, é todo touchscreen e aparentemente tem aquele acabamento da Nokia que costuma agradar os mais acidentados. O problema é que apesar de ter um processador de 1GHz, a arquitetura da CPU é antiga e ele simplesmente não tem GPU. Isso significa, como podemos ver no vídeo oficial da Nokia, uma lentidão incômoda:

http://www.youtube.com/watch?v=24xPEo0FFlY&feature=player_embedded

Apesar disso, um aparelho espertinho desse com Nokia Maps de graça e preço sugerido de R$649 — menos do que os concorrentes da categoria, como o Defy+ — ele pode surgir como uma opção interessante para quem quer economizar e para quem ainda sente muita saudade daquela Nokia. Ou você pode esperar o Windows Phone deles, não é mesmo? [Nokia]