A Nokia definitivamente ainda não está fora de perigo. Sim, ela está conseguindo avançar um pouco apostando no Windows Phone, mas um novo corte de 10.000 funcionários – levando o total de demissões para 40.000 – mostra que eles ainda têm um duro caminho a percorrer.

A finlandesa vai eliminar 10.000 empregos até o final de 2013, fechando uma fábrica e três centros de pesquisa, entre outras medidas. Além disso, três altos executivos serão substituídos até o final do mês.



E, confirmando rumores, a Nokia anunciou oficialmente que venderá sua marca de luxo Vertu. Segundo a Reuters, ela deve receber US$250 milhões pela transação. Os aparelhos da linha Vertu custam em média US$7.000 e vêm com um serviço de “concierge”, no qual atendentes reais realizam tarefas para o dono do celular. Os celulares rodam Symbian com forte personalização.

Entre vendas e demissões, a Nokia também anunciou uma aquisição: eles compraram a Scalado – especialistas da Suécia em câmeras para celular – trazendo seus funcionários e suas patentes. A Nokia disse que fez a compra para melhorar as câmeras da série Lumia, o que provavelmente significa implementar a tecnologia PureView no Windows Phone. Isso é ótimo.

Com a Microsoft injetando dinheiro na Nokia, agora a fabricante em destaque do Windows Phone, esperamos que ela fique firme para fazer o Lumia dar certo. O Windows Phone 8 está vindo aí, e poderíamos ver algo bem impressionante saindo da finlandesa, especialmente se eles conseguirem colocar a tecnologia PureView em um aparelho mais fino, e desta vez sem Symbian. [Nokia via BBCThe Next Web]