Eis um aparelho semelhante ao Nokia N9, mas rodando Windows Phone. Como o próprio CEO da Nokia mostrou, o próximo Windows Phone deles será parecido com o N9. Mesmo assim, por que acreditar que esta imagem não é um fake? Porque, segundo o Engadget, ela foi vazada pelo mesmo cara que postou uma foto do protótipo da Nokia com Windows Phone em maio. E pelo visto, esse parente do N9 roda Android também:

A imagem foi vazada pelo @codegeass no Weibo, site chinês parecido com o Twitter. Não há motivos para confiar 100% nas imagens, mas elas nos lembram que a Nokia passou por todo tipo de OS móvel nos últimos tempos: Symbian, Maemo, Android (quase!), Windows Phone… e MeeGo.

E foi impressionante a resposta positiva ao MeeGo: antes descrito por Stephen Elop como uma “plataforma em chamas” junto ao Symbian, ele parece ser rápido, elegante, inovador e simples – reduzindo todo o smartphone a gestos de “swipe”, de deslizar o dedo na tela. Até mesmo destravar o aparelho é feito diferente: você toca duas vezes na tela para ativá-la, e faz um “swipe” para destravá-lo.

A reação ao MeeGo no N9 foi positiva o bastante para muitos, como o Engadget, se perguntarem: “por que a Nokia abandonou uma plataforma tão promissora?” Os melhores editores do Engadget foram para o This Is My Next, que também gostaram do aparelho: “eu quero um N9”, diz Paul Miller. E David Heinemeier do 37signals diz que só precisa de dez apps: “eu trocaria meu iPhone por um N9, se a experiência básica fosse melhor”.

Então por que abandonar o MeeGo? Como a BusinessWeek revelou, até mesmo Kai Oistämö, alto executivo da Nokia, reconheceu que a empresa só conseguiria lançar três aparelhos com MeeGo até 2014, no ritmo em que estavam. “O rei estava nu”, disse Oistämö. Bem, se o primeiro Nokia com Windows Phone não der muito certo, a Nokia parece ter uma carta na manga. Para smartphones e, quem sabe, tablets também. [Engadget]