Foi em 2006 que as fitas de inauguração das lojas da Nokia em Chicago e Nova York foram cortadas, e agora, meros três anos depois, as prateleiras estão sendo desmontadas e os empregados estão tendo que contemplar uma perspectiva de "ano novo, emprego novo" para 2010.

Há apenas dois dias foi anunciado o fechamento da loja da Nokia em Londres, lojas estas que foram criticadas duramente com frases como esta de John Strand, chefe executuvo da Strand Consult:

"Lojas de marca são importantes para a indústria da moda. Mas a Apple é uma empresa de moda. A Nokia é uma empresa de eletrônicos de consumo."

Ai ai. [Reuters]