A Nokia está prestes a fazer parte de um acordo com a gigante Oracle envolvendo mapas. Dado o furor atual sobre mapas, e tendo em vista que o Nokia Maps é realmente bom, esta poderia ser a grande chance dos finlandeses: talvez, apenas talvez, a Nokia possa ganhar a batalha dos mapas.

O acordo Nokia-Oracle, que será anunciado oficialmente ainda hoje, envolve oferecer mapas e serviços de localização para todos os aplicativos e clientes da Oracle. E isso é uma notícia ótima para a Nokia.

A Nokia lutou bastante para tornar relevantes os serviços da Navteq, empresa de mapas que ela comprou em 2007. E ela vem fazendo um bom trabalho: os mapas da Nokia agora fazem parte do Windows Phone 8, o que é bem relevante; e também estão presentes em serviços do Groupon, Yahoo e Amazon.

O acordo da Nokia permitirá desenvolver uma base de clientes empresariais, o foco da Oracle. Isso é um passo importante: se ele puderem convencer um grande negócio que seus mapas são realmente bons, mais clientes virão – e o serviço se expandirá.

Nunca houve um momento melhor para isso, após toda a confusão causada pelos esforços da Apple em mapas, culminando no pedido de desculpas do próprio Tim Cook. O Google, por sua vez, tem uma boa oferta de mapas, mas dado que a Oracle não é exatamente amiga do Google, acho que eles não seriam uma opção. E assim, a Nokia vai avançando de forma discreta, porém firme.

E isso é importante. Quando se trata de mapas, ninguém quer um software feito pela metade: você quer algo preciso e confiável. O Nokia Maps oferece isso e, se firmar mais parcerias, se tornará ainda mais presente. Cuidado, Google e Apple: enquanto vocês brigam entre si, a Nokia segue avançando. [WSJ]