Headsets de realidade virtual estão começando a chegar às nossas vidas, mas, por mais empolgantes que sejam, ainda esbarram na dificuldade de produzir conteúdo imersivo. A Nokia deu um passo nessa direção, apresentando o Ozo, um conjunto de oito câmeras para criar vídeos em 360 graus.

A empresa finlandesa — que, nunca é demais lembrar, vendeu sua divisão de celulares para a Microsoft, mas continua na ativa — colocou oito sensores de imagem e oito microfones dispostos nesta câmera esférica de aparência futurista. O Ozo pesa 2,72 kg e pode ser acoplado a um tripé comum.

A Nokia ainda não divulgou o preço do produto — coisas desse tipo costumam ser beeeem caras –, mas já se sabe que Ozo não é um produto para consumidores em geral: ele foi pensado para quem produz conteúdo. Hollywood, por exemplo.

E, para atrair esse pessoal, a Nokia tem suas cartas na manga: a câmera tem monitoramento ao vivo, para um diretor ou produtor acompanhar por um headset o que está sendo filmado; e promete juntar os diferentes vídeos em poucos minutos, contra horas de espera para costurar tudo em outros equipamentos. Além disso, o vídeo sai em um formato padrão, e pode ser visto tanto com um headset como o Oculus Rift, quanto como um vídeo de 360 graus no YouTube.

ozo-press-photo-black_ball

A câmera da Nokia, entretanto, encontrará bastante concorrência. O Google anunciou durante sua última conferência I/O o Jump, um sistema que conecta 16 câmeras GoPro num círculo, e a Samsung também está preparando uma câmera para realidade virtual. [Nokia via The Verge]