O retorno da Nokia no mercado de smartphones vem sendo ensaiado há bastante tempo. Em 2015, a empresa já falava sobre o tema e em 2016 veio a confirmação definitiva: um acordo de licenciamento com uma companhia iria garantir que uma empresa pudesse vender aparelhos com o selo da ex-gigante finlandesa.

• Como será o retorno da marca Nokia a smartphones e tablets com Android
• Nokia confirma que voltará ao mercado de celulares
• O declínio da linha Lumia e o “plano B” da Microsoft para celulares com Windows

Agora, temos mais detalhes sobre o acordo com a HMD Global (HMD), companhia também finlandesa que será a responsável pela comercialização e distribuição dos dispositivos. Nesta quinta-feira (1°), o site da empresa lançou uma nova seção de celulares, assinalando o renascimento da marca nos smartphones e tablets. Os primeiros aparelhos da Nokia com Android chegarão no primeiro semestre do ano que vem.

O processo será similar ao que aconteceu com o tablet N1: enquanto eles são os responsáveis pela criação do projeto em si, o hardware será fabricado pela FIH Mobile, subsidiária da Foxconn, enquanto a HMD vai lidar com a venda e comercialização dos dispositivos.

Os últimos smartphones com a marca Nokia foram lançados no final de 2014, quase um ano depois que a Microsoft comprou a divisão mobile da companhia.

É provável que os primeiros dispositivos da “nova Nokia” apareçam na Mobile World Congress em fevereiro de 2017.

[Nokia via The Verge]