Há algum tempo ouvimos falar do Meltemi, projeto da Nokia para combater Androids baratos. Felizmente, parece que não se trata de mais um OS: o CEO da empresa, Stephen Elop, sugere que a estratégia da Nokia para chegar a preços menores envolve essencialmente o Lumia e o Windows Phone.

Em conference call para investidores, Elop disse: “nós precisamos competir com o Android de forma agressiva… a guerra de preços no low-end é uma parte importante disso”. Elop também afirmou que a Nokia deve lançar aparelhos ainda mais baratos que o Lumia 610, lançado a 180 euros. “Nós já tínhamos planos de ir mais baixo que o 610” em preço, disse ele.



E a Nokia conta com a ajuda da Microsoft: ela deu “apoio específico” para baixar o preço dos aparelhos, e fez a Nokia identificar “formas de ir ainda mais longe do que esperávamos” em corte de preço.

Ainda há um espaço que a Nokia pode cobrir entre sua linha básica Asha (com S40) e Lumia. Já que o Symbian, apesar das atualizações, não conseguiu se tornar competitivo – as vendas despencam ano a ano – resta à Nokia apostar ainda mais forte no Windows Phone. Eles só precisam resolver (ou deixar mais claro) o problema de apps incompatíveis com aparelhos mais simples. Vamos ver no que dá. [The Verge e Engadget]

Foto por Ztop