O grande evento da Apple do segundo semestre acontece daqui a dois dias. Então, é natural que as especulações estejam a todo vapor. Até o momento, muitas informações são conhecidas pelos rumores e vazamentos, incluindo o plano da empresa de lançar três novos iPhones, com o iPhone Xs como sucessor do iPhone X.

Entretanto, mesmo com o lançamento tão próximo, ainda há alguma controvérsia em relação aos nomes dos outros dois aparelhos. Na semana passada, apareceram reportagens dizendo que o novo iPhone de tela de 6,5 polegadas — o maior dos três — se chamará iPhone Xs Max. Ou seja, a Apple vai deixar o apelido “Plus” de lado em 2018.

É uma mudança considerável, apesar de não ser típica da marca. O salto de uma tela de 5,5 polegadas do iPhone 8 Plus para uma de 6,5 polegadas é mais do que suficiente para justificar um novo nome. Mas e o aparelho de 6,1 polegadas, que, segundo os rumores, terá uma tela LCD em vez de uma OLED, que é mais cara, e um preço relativamente mais acessível?

Até essa semana, eu tinha mentalmente chamado o iPhone de 6,1 polegadas de iPhone XE, em referência ao iPhone SE, o único celular de preço razoável que a Apple vende atualmente. Entretanto, parece que eu errei uma letra. De acordo com uma foto tirada em uma reunião de uma operadora de telefonia chinesa, a Apple pode chamar esse modelo de “iPhone XC”, um retorno ao colorido iPhone 5C de 2013. Para deixar tudo ainda mais confuso, a mesma apresentação também indica que o iPhone de 6,5 polegadas terá o nome de “iPhone XS Plus” — nada de “Max”, como apontavam os rumores.

Mas a loucura de adivinhação de nomes acaba aí. Hoje, a Bloomberg noticiou que um dos possíveis nomes para o iPhone mais barato é “iPhone Xr”, algo completamente dissociado dos esquemas de denominação usados nos produtos anteriores da marca.

E aí? É só um nome, então porque todo mundo se importa tanto com isso? Um dos grandes motivos é o preço. Mesmo com uma tela pior, se o iPhone de 6,1 polegadas vier com bordas finas e Face ID e por um preço mais próximo da faixa dos US$ 650 do que dos mais de US$ 1.000 do novo iPhone Xs, ele pode ser o aparelho mais interessante entre os três, e o nome é uma forma de indicar isso.

De qualquer forma, descobriremos isso em dois dias. Qual a sua aposta para os nomes?