O entomólogo Shaun Winterton descobriu uma nova espécie de inseto em um lugar inusitado: na tela do computador. Graças ao amor de um homem pela natureza, e o amor de Winterton em olhar fotos de insetos, a crisopa verde aí em cima foi adicionada ao catálogo de espécies conhecidas.

Winterton estava navegando por fotos de insetos, quando ele encontrou um totalmente diferente do que havia visto antes: uma crisopa verde com linhas pretas e pontos azuis nas asas. O fotógrafo Guek Hock Ping capturou a imagem na Malásia.

Depois que Winterton enviou o link a seus colegas, que também não conheciam essa espécie de crisopa, ele entrou em contato com Guek. Um ano depois, Guek voltou à Malásia, e conseguiu capturar um espécime de crisopa, que Winterton confirmou ser de uma espécie antes não-descoberta. O inseto recebeu o nome de Semachrysa jade, em homenagem à filha de Winterton. (Espero que o nome tenha sido oferecido primeiro ao fotógrafo Guek.)

Este incidente aponta o poder de crowdsourcing em sites de fotos e imagens. Guek tirou a foto na Malásia, mas não tinha a expertise para identificá-la como uma nova espécie. E Winterton estava nos EUA, onde ele trabalha como entomólogo sênior no Departamento de Alimentos e Agricultura na Califórnia. Mas graças ao Flickr, eles realizaram uma colaboração totalmente inesperada. Agora eles são co-autores em um artigo da edição mais recente da ZooKeys, descrevendo a crisopa e celebrando uma vitória na ciência cidadã. [NPR via reddit]

Foto por Guek Hock Ping/Flickr