Não só Stephen Elop é um ex-gerente de negócios da Microsoft, como ele é canadense. Isso é uma boa notícia para a finlandesa Nokia, que precisa drasticamente de uma recauchutada na imagem em lugares que não a Europa e Ásia.

O CEO e presidente atual, Olli Pekka-Kallasvuo, deve passar o cargo em 21 de setembro. O "forte conhecimento em software e histórico provado em administração de mudança" sem dúvida será lucrativo para a Nokia, cujas ações caíram em 40% em apenas três meses este ano.

Elop era responsável pela divisão Office da Microsoft, então com certeza ele entende de software – mas será que ele vai conseguir trazer inovação em hardware também? [Reuters e WSJ]

Crédito da imagem: ZDNet