Completando a linha Moto, a Lenovo anunciou uma nova série da linha de smartphones de entrada Moto E. Apresentada no Reino Unido, a terceira geração do aparelho de entrada traz melhorias na tela e na câmera.

>>> Moto Z: nova marca topo de linha da Lenovo é um smartphone “modular” com duas versões
>>> [Hands-on] A quarta geração do Moto G está maior e mais cara

O display Gorila Glass tem 5 polegadas e tem resolução HD (1.280 x 720) — a versão anterior tinha 4,5 polegadas — e um processador quad-core. O conjunto de câmeras conta com um sensor principal de 8 megapixels e outro de 5 megapixels (frontal). Sobre o corpo do aparelho, a empresa informou ao The Verge que ele foi construído com uma estrutura à prova de respingos — ou seja, nada de deixar caí-lo na água.

Também sabemos que o smartphone tem uma bateria de 2.800 mAh, virá com o sistema Android Marshmallow e terá suporte a cartão microSD. E só.

Por algum motivo, a Lenovo não liberou especificações técnicas como capacidade de armazenamento, modelo do processador e memória RAM, para citar alguns dos itens clássicos que são divulgados sobre aparelhos.

O Moto E (2016) vai ser lançado no Reino Unido em setembro com preço sugerido de £99, o que, segundo o The Verge, é um pouco mais caro que as versões anteriores do aparelho. Apenas para contextualizar, a segunda geração chegou ao Brasil com preço sugerido de R$ 700.

Na próxima semana, a Lenovo vai dar detalhes sobre a chegada do Moto Z no Brasil. Quem sabe já não se adiantam e revelam um pouco mais sobre o novo Moto E.

[The Verge e Pocket-lint]