A última atualização do MacBook Air tinha 2 anos, mas hoje a Apple correu atrás do tempo perdido: o novo MacBook Air chega em versões de 13,3 e 11,6 polegadas, com construção em peça única de alumínio. E um segredo na parte do armazenamento.

Os novos Airs não terão SSD nem um HD comum. Em vez disso, a Apple colocou neles cartões de SSD, que parecem mais um pente de memória. Por que isso interessa? Ligar o aparelho será praticamente instantâneo. Usando a memória flash, o boot chega perto de zero. As opções de memória serão de 64GB, 128GB e 256GB. Ainda por dentro, processador Intel Core 2 Duo de 1,4GHz ou 1,86GHz  e placa de vídeo Nvidia GeForce 320M. Todas as versões terão 2GB de memória RAM. Na parte de conectividade, ambos têm Wi-Fi no padrão n, duas portas USB e uma porta mini Display Port. A adição que deve agradar muita gente é o slot para cartão SD.

Os notebooks virão com câmera para FaceTime – diferente da câmera iSight -, teclado QWERTY completo e trackpad com multitoque. O modelo de 11" tem resolução de 1366×768 pixels, enquanto o maiorzão tem incríveis 1440×900 – mais do que o modelo de 15" atual da linha MacBook Pro. Na balança, o modelo de 13,3" pesa 1,3 quilo e o menor, 1 quilo. No extremo mais fino, os aparelhos têm míseros 2,7 milímetros de espessura. Anorexia, aí vamos nós.

A bateria também é digna de nota: o modelo de 13,3” promete 7 horas de uso em navegação, e um mês em stand-by. Segundo a Apple, elas aguentarão até 1.000 cargas, e podem ser substituídas, pelo preço de U$129. O modelo de 11,6” aguentará 5 horas em uso intenso, e os mesmos 30 dias em stand-by. Ambos começam a ser vendidos hoje nos EUA (a partir de U$999) e já estão na Apple Store brasileira, mas não temos confirmação de data por aqui.

E o que ficou de fora? Um drive óptico, mas isso todo mundo já esperava. A maior dúvida está no processador. É difícil entender porque a Apple escolheu o já antigo Core 2 Duo em vez de um processador Core i3 ULV. Se ficarmos apenas nas especificações, não é preciso muito esforço para encontrar ultraportáteis tão bons ou melhores que os novos MacBook Airs. Mas as cartas na manga da Apple devem ajudá-la: memória flash, novo sistema operacional e esse design seguem o padrão Apple que costuma dar certo.

Atualização: os modelos já estão à venda na App Store brasileira, com prazo de entrega de 2 a 3 semanas. Os preços variam de R$3.199 (modelo de 11,6" com 64GB de espaço interno e processador Core 2 Duo de 1,4GHz) a R$5.699 (13,3" com 256GB de memória flash e processador Core 2 Duo de 1,86GHz). Confira todos os preços e especificações clicando aqui.